Lidiane Abreu,coordenadora da área de inovação do IEL Goiás  “É um momento ímpar para o ecossistema de inovação de Goiás. Estamos muito entusiasmados para este acontecimento”

Definitivamente, Goiás entrará no circuito mundial da inovação e da tecnologia. O Instituto Euvaldo Lodi (IEL Goiás), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) reuniram-se com parceiros de peso no intuito de organizar e promover uma edição da Campus Party em Goiânia.

Representantes de instituições de ensino, órgãos públicos e empresários realizaram uma reunião estratégica nesta terça-feira (18/12), na Casa da Indústria, para definição dos detalhes da realização do evento, marcado para setembro de 2019.

“É um grande desafio, mas sabemos o que queremos. Goiás merece um evento desta magnitude. É um momento de unir forças e isso só será possível se tivermos todos envolvidos”, ressaltou Humberto Oliveira, superintendente do IEL Goiás.

A única cidade da Região Centro-Oeste a receber a Campus Party é Brasília, que sediou duas edições: em junho de 2017 e julho deste ano. A próxima edição do evento será realizada entre 13 e 17 de fevereiro, em São Paulo. O público da Campus Party vai desde talentos inovadores, influenciadores, empreendedores, investidores, mentores a fãs das áreas de geeks e de tecnologia.

“A Campus Party é mais que um evento, é uma rede de pessoas talentosas, apaixonadas por tecnologia, que inovam, empreendem, aprendem e compartilham seus conhecimentos. É um momento ímpar para o ecossistema de inovação de Goiás. Estamos muito entusiasmados para este acontecimento”, destacou Lidiane Abreu, coordenadora da área de Inovação do IEL Goiás.

Maria Zaira Turchi (Presidente da Fapeg), Humberto Oliveira (superintendente do IEL Goiás), Genésio Gomes (Embaixador da Campus Party) e André Milhomem Franco (do superintendente de Economia Criativa e Solidária de Goiás)

A presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), Maria Zaira Turchi, destacou a iniciativa do IEL de juntar entidades para realizar o evento. “Goiás tem um campo interessante. Há interesse, potencialidade e entusiasmo o bastante. Chegou a hora de partir para algo maior”, salientou Turchi.

Importância
Embaixador da Campus Party e professor de Empreendedorismo da Universidade Federal de Pernambuco, Genésio Gomes, ressaltou a importância de se promover um evento de âmbito mundial, que reúne jovens geeks de várias partes do planeta em torno de um festival de Inovação, Criatividade, Ciências, Empreendedorismo e Universo Digital.
“É a maior experiência tecnológica do mundo. Ela oferece a base necessária para geração de inovações de ponta, capaz de transformar os mais importantes setores da economia”, salientou Genésio. “O desafio é gerar uma alternativa para o sistema tradicional de riquezas no mundo, acompanhando transformações digitais, promovendo desenvolvimento econômico e gerando novos conhecimentos. É um grande evento e a gente espera trazer esta imersão tecnológica para Goiânia”, completa. (Fotos: Alex Malheiros e Sílvio Simões)


Deixe seu comentário