Empresário Luciano Foianesi, com o secretário Leandro Ribeiro, anunciou a instalação de duas empresas em Anápolis

Goiás será sede de uma das indústrias de produtos farmacêuticos da linha oncológica que o grupo Foianesi, junto com um consórcio de empresas estrangeiras, está construindo em quatro países – México, Argélia, Rússia e Brasil. Com investimentos de R$ 212 milhões, o grupo vai instalar duas empresas em Anápolis. A Oncopharma vai produzir medicamentos oncológicos de última geração, e a Biotec Soluções Ambientais fabricará portas e equipamentos especiais para indústrias farmacêuticas e hospitais.

O anúncio foi feito pelo empresário Luciano Foianesi ao participar nesta quarta-feira (04/07), da assinatura de protocolos de intenções de investimentos em Goiás com o governador José Eliton e com o secretário de Desenvolvimento, Leandro Ribeiro. A solenidade foi realizada na Sala de Reuniões do 10º do Palácio Pedro Ludovico Teixeira.

Na ocasião, foram assinados, também, protocolos de intenções com mais cinco empresas, de diversos ramos de atividades. Ano total, as seis empresas juntas vão investir R$ 636 milhões em Goiás e gerar mais de 2 mil empregos diretos e indiretos. Estas empresas foram prospectadas pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento (SED), por meio da Chefia de Gabinete de Gestão da Promoção e Atração de Investimentos e Negócios.

O governador José Eliton disse que a assinatura destes protocolos de intenções de investimentos com empresas, de diversos ramos de atividades, significa mais um passo à frente para o desenvolvimento sustentável do Estado. “Goiás caminha com pressa para se posicionar na frente entre as Unidades mais competitivas do País”, disse.

Ele destacou que a política de desenvolvimento do Governo, aliada aos programas de atrações de investimentos, como o Produzir, comandados pela SED, e a forma de administrar o Estado com as portas sempre abertas, de forma desburocratizada e com regras firmes, contribuem para o sucesso dos negócios em Goiás.

Para o secretário de Desenvolvimento (SED), Leandro Ribeiro, o anúncio de investimentos por parte dessas empresas é mais uma demonstração da confiança dos empresários na economia goiana, que cresce acima da média nacional e que deve alcançar um Produto Interno Bruto (PIB) de mais de R$ 200 bilhões este ano. Isso significa mais empregos, mais renda, melhoria da qualidade de vida para os goianos e mais riqueza para o Estado.

O empresário Luciano Foianesi, diretor do grupo Foianesi, que comanda as empresas Oncopharma Indústria Farmacêutica e a Biotec Soluções Ambientais, destacou as facilidades encontradas para implantar suas empresas em Anápolis, ao  frisar  que não gastou sequer quatro meses para concluir o processo de negociação para a implantação das indústrias no território goiano, sendo que, se fosse em outros Estados demoraria no mínimo 18 meses. Anunciou também que o Grupo pretende fazer diversas obras sociais em Goiás, inclusive creches e dar apoio ao Hospital Público de Rio Verde.

Empresas

O maior investimento será feito pela empresa mineira Valorem Agronegócios. No município de Guapó vai construir uma indústria de beneficiamento de sementes com recursos da ordem de R$ 410 milhões e a geração de 200 empregos diretos.

Sanclerlândia vai receber investimentos da Sanplast, de R$ 3 milhões, para fazer reciclagem de papel e plástico. A JL Maravalha Eirelli projeta investir R$ 1 milhão numa unidade para industrializar eucalipto em Cachoeira de Goiás. A NorteSul Alimentos vai abrir uma unidade frigorífica de bovinos em Santa Bárbara, com investimentos de R$ 10 milhões, e geração de 640 empregos diretos e indiretos.


Deixe seu comentário

1 comment

  1. Anezio Bazan Júnior Responder

    Otimo trabalho da SED
    Parabéns !

    Anezio