Depois de enfrentar o processo lento e burocrático para alugar imóvel, André Penha e Gabriel Braga criaram o aplicativo QuintoAndar

Até 2019, aponta estudo da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP), a expectativa é de que o Brasil tenha 236 milhões de smartphones nas mãos dos consumidores, o que será superior à média de um aparelho por habitante. Esse avanço da conectividade associado ao crescimento das tecnologias digitais tem criado um cenário de transformação dos negócios ao possibilitar a simplificação de vários serviços tradicionais e o ganho em escala. Essa é a lógica dos aplicativos Uber e Airbnb, já conhecidos pelo público. A atual revolução promovida pela tecnologia está no setor imobiliário por meio do QuintoAndar, um aplicativo desenvolvido para simplificar as locações de imóveis residenciais. Mais de 60 mil imóveis já passaram pelo app, que chegou a Goiás em abril.

O aplicativo elimina a necessidade de apresentação de fiador, seguro-fiança ou cheque-caução pelo inquilino ao mesmo tempo que oferece a segurança do recebimento em dia ao proprietário e a integridade do imóvel garantida em um valor de até R$ 50 mil ao final do contrato. Além de anúncios detalhados, com fotos de qualidade e em 360°, o inquilino faz tudo com um clique: agenda a visita ao imóvel, negocia online com o proprietário e assina um contrato eletrônico, sem necessidade de cartório. Já o proprietário acompanha o agendamento de visitas e negocia online com os interessados e, durante a vigência do contrato, recebe o valor do aluguel pontualmente, todo mês, independentemente de atrasos do inquilino. Eles só pagam apenas 8% do valor da locação e o primeiro aluguel.

Rodrigo Meirelles, consultor do QuintoAndar: “ Startup irá se tornar uma parceira das próprias imobiliárias, ajudando-as a reduzir seu custo operacional”

 

Parcerias

A chegada a Goiás é mais um importante avanço da empresa e os planos são de alcançar um total de 10 cidades brasileiras em 2018. Para conquistar novos mercados, o QuintoAndar também está mostrando aos players tradicionais do setor imobiliário que pode se tornar um parceiro, e não um concorrente.

Na terça-feira, 12 de junho, o diretor de Marketing e Expansão, João Gonçalves, e o diretor de Desenvolvimento de Negócios, Felipe Schucman, ambos da QuintoAndar, estarão em Goiânia para um café da manhã no auditório do Hotel Mercure com corretores de imóveis e executivos do mercado imobiliário a fim de apresentar a empresa e toda a sua política de negócio. “Será uma oportunidade para mostrar que a inovação chega para transformar um setor e isso pode acontecer de forma colaborativa”, diz Rodrigo Meirelles, que é consultor regional do QuintoAndar em Goiânia e Brasília.

Com vasta expertise no setor imobiliário, Rodrigues Meirelles direcionou sua carreira para viabilizar e assessorar soluções inovadoras para o mercado por meio de sua boutique de investimentos imobiliários, a Highpar. Em um cenário de médio prazo, ele vislumbra que a startup irá se tornar uma parceira das próprias imobiliárias, ajudando-as a reduzir seu custo operacional com a terceirização da operação de locação. “As empresas vão se concentrar na captação e no relacionamento com o cliente, algo que depende da interação entre pessoas e que merece o foco das empresas”, diz.

Como surgiu

O QuintoAndar surgiu a partir da experiência de dois jovens mineiros. André Penha, que deixou Divinópolis para estudar Engenharia de Computação na Unicamp, amargou todo o processo lento e burocrático de procura e negociação para alugar imóvel quando precisou se instalar em Campinas (SP). Como ele, Gabriel Braga, de Belo Horizonte, não se conformava com as infinitas idas e vindas, os trâmites de cartório e a complexidade do processo de aluguel. Os dois se encontraram anos mais tarde cursando um MBA na Universidade de Stanford, berço de inovação e empreendedorismo do Vale do Silício, nos Estados Unidos, onde nasceram empresas como Google, Instagram e SpaceX.

“Tínhamos em mente o objetivo de criar uma empresa capaz de resolver um problema concreto das pessoas. E a forma de encontrar um imóvel no Brasil sempre chamou nossa atenção pelo nível de burocracia”, afirma André. Por sua capacidade de transformação e velocidade de crescimento, o QuintoAndar é listado entre as startups brasileiras candidatas a “unicórnio”, como são chamadas as empresas que atingem o patamar de valor de mercado de US$ 1 bilhão.


Deixe seu comentário