Ivan Filho: “Iniciamos com 30 empregados. Hoje atendemos 4,8 mil clientes e temos 2,2 mil colaboradores”

Com uma meta de crescimento de 15% para este ano, o grupo goiano TecnoSeg quer se consolidar como líder do segmento de segurança privada do Centro-Oeste brasileiro e expandir a sua atuação para outros Estados. Presidente da empresa, Ivan Hermano Filho afirma ao EMPREENDER EM GOIÁS que a meta de crescimento será alcançada com o atendimento de qualidade e com as possibilidades de melhoria do serviço prestado, através da adoção de novas tecnologias, equipamentos de última geração e qualificação contínua do pessoal.

A previsão de crescimento de 15% da TecnoSeg, que está há 22 anos no mercado, é superior a previsão para a média nacional do setor, de 7% a 8%. Este otimismo da empresa goiana está baseado nos resultados alcançados em anos anteriores, principalmente no de 2017 quando, em meio à crise econômica, o grupo teve incremento de 10% nas suas operações, ante os 4% do mercado nacional.

Para Hermano Filho, o avanço da criminalidade e as dificuldades vividas pelo setor público para ampliar o aparato de segurança são aspectos que favorecem o crescimento da segurança privada no País, uma vez que empresas e pessoas físicas buscam resguardar seu patrimônio e a própria vida.

“A cada dia cresce a busca por segurança diante de tanta violência. Apesar da crise econômica dos últimos anos, serviço de segurança privada tem crescido acima do PIB no Brasil. A escalada da criminalidade e a incapacidade do poder público de conter a violência são combustível para o avanço da segurança privada”, afirma.

“Uma das bases do nosso crescimento é a credibilidade que alcançamos e a longevidade no atendimento aos nossos clientes”, afirma o empresário, lembrando que atende grandes empresas e condomínios horizontais e verticais há mais de duas décadas, como Aldeia do Vale, Granville, Alphaville e Flamboyant Shopping Center.

Pioneirismo
O grupo TecnoSeg deu início a sua caminhada de sucesso em 1995, após Ivan Filho ter participado de um curso de segurança privada em São Paulo. Na ocasião, adquiriu uma pequena central de monitoramento eletrônico, que utilizava tecnologia sem fio, por R$ 5 mil. O dinheiro dos equipamentos saiu dos R$ 6 mil que havia economizado ao longo de três anos de estágio em escritórios de advocacia e no trabalho como vendedor em lojas de roupas e calçados.

O primeiro cliente foi a EBM Construtora, em que instalou equipamentos de monitoramento em três empreendimentos, localizados em Araraquara e Rio Claro, em São Paulo. Experiência bem-sucedida, o projeto foi adotado também em um empreendimento de condomínios verticais localizado no Residencial Eldorado, em Goiânia. “A vigilância eletrônica começava a ganhar espaço, mas a concorrência era acirrada, principalmente porque o produto que eu oferecia era mais caro por conta da qualidade superior”, conta o empresário.

Logo que as obras do Aldeia do Vale e do Granville tiveram início, Hermano Filho vislumbrou a necessidade de ser contratada vigilância armada para os dois empreendimentos imobiliários. “Trouxe a tecnologia que era empregada nos Condomínios Alphaville de São Paulo. Criamos o conceito de segurança do Aldeia do Vale. A partir desta concepção, foi criada a TecnoGuarda Vigilância Armada, empresa que passou a atuar nos dois condomínios, pioneiros na capital goiana”, afirma.

A criação da TecnoGuarda foi possível graças ao apoio obtido do grupo empreendedor do Condomínio Aldeia do Vale. “Fui franco com os representantes do grupo e contei que não tinha capital suficiente. Eles me propuseram um empréstimo de R$ 100 mil, para pagamento em seis anos. Topei o desafio, começamos a trabalhar e consegui quitar com seis meses”, relatou. “Iniciamos com 30 empregados. Hoje atendemos 4,8 mil clientes em Goiás e Mato Grosso e temos 2,2 mil colaboradores”, frisa Ivan Filho.

A TecnoSeg atua nos segmentos de sistemas de segurança, monitoramento eletrônico 24 horas, consultoria em segurança, rastreamento de veículos, portaria remota além de segurança armada e transporte de valores. “O DNA do Grupo TecnoSeg é a inovação. Tanto que somos o único que realiza guarda com rondas a cavalo e com a utilização de cães. O sistema de portaria remota que implantamos hoje se ampliou e abrimos franquias em Palmas (TO), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB) e Salvador (BA). Em breve estaremos ampliando o atendimento ao setor rural, com sistemas de segurança específicos”, diz o empresário.


Deixe seu comentário

4 comments

  1. Clarismar Gonçalves de lima Responder

    Parabéns a está empresa pelo crescimento profissional merecido hoje ter um nome honrado no mercado na área de segurança privada ,e por ter mim acolhido para fazer parte deste grupo Tecnoseg em 2007 tenho muito orgulho de fazer parte deste grupo.

  2. Antônio César Arantes Rocha Responder

    Sou cliente, e reconheço o profissionalismo do Grupo Tecnoseg! Antes de contrata-los tive muitos problemas com outras empresas. Quando eles chegaram meus problemas de segurança foram definitivamente resolvidos!
    Sou cliente há mais de 6 anos!

  3. FitPro Responder

    Nem tanto. Foi mais uma espécie de peça encomendada pela campanha do Merrelão. Ou seja, segue exatamente a pregação dele (e a imprensa): a crise acabou, estamos crescendo, mas precisamos das reformas (as dele) pra crescermos mais ainda

  4. mesupermom Responder

    Nem tanto. Foi mais uma espécie de peça encomendada pela campanha do Merrelão. Ou seja, segue exatamente a pregação dele (e a imprensa): a crise acabou, estamos crescendo, mas precisamos das reformas (as dele) pra crescermos mais ainda