Você já deve ter notado que aqueles que se expressam com desenvoltura tendem a criar mais oportunidades na vida. Talvez isso aconteça porque as pessoas que praticam uma boa comunicação têm mais facilidade em cultivar boas amizades, fomentar novos relacionamentos e ampliar a sua rede de contato – o chamado networking.

A comunicação eficaz é uma competência cada vez mais exigida no mercado de trabalho. Nos dias de hoje, não basta ser apenas um exímio profissional se não souber se expressar bem. As organizações querem contar com colaboradores que tenham uma boa comunicação interpessoal, pois sabem que pessoas com este perfil conseguem administrar melhor os conflitos e promover um ambiente de trabalho mais sadio e produtivo.

A qualidade de exímio comunicador deixou de ser uma particularidade da personalidade do indivíduo para constituir-se em pré-requisito social e, principalmente, diferencial no mercado de trabalho. Por isso é cada vez mais importante o desenvolvimento dessa habilidade. Aprimorá-la, portanto, é um exercício diário para todos nós!

É bom ressaltar que comunicar-se bem não significa ser tagarela. Os falantes descomedidos nem sempre realizam uma comunicação eficaz. Quando alguém fala demais acaba por manchar sua própria reputação e, assim como peixe, pode morrer pela boca.

Quem conversa pelos “cotovelos” corre o risco de falar o que não deve em momentos nada convenientes e ser rotulado como fofoqueiro e outros títulos indesejáveis. Para Johan Wolfgang von Goethe “Falar é uma necessidade, escutar é uma arte”. Portanto, diferentemente da fala, ouvir muito nunca é demais. Aliás, o segredo da boa comunicação está no silêncio em ouvir as palavras para que possamos escutar e interpretar a essência da mensagem.

A sua imagem, comportamento e postura profissional também dizem muita coisa. Por isso, preocupe-se com o marketing pessoal. Seja gentil, simpático e estimule as relações humanas. Pratique uma boa comunicação em casa e no trabalho; cumprimente as pessoas e use no dia-a-dia – quando necessário – as palavras mágicas: obrigado, desculpe-me e por favor.

O desenvolvimento da comunicação interpessoal é um processo amplo e contínuo, que envolve o aperfeiçoamento da escrita, dos diálogos e da fala em público, que deve ser acompanhada com gestos e expressividade que valorizem e reforcem sua mensagem.

O processo de melhoria da comunicação abrange, sobretudo, um importante fator: decisão pessoal. É preciso querer ser um melhor comunicador. É necessário decidir desenvolver essa habilidade e ter a disciplina para percorrer todos os caminhos necessários para isso. O desejo é o primeiro passo para a melhoria da comunicação interpessoal. É o primeiro passo para qualquer mudança.


Deixe seu comentário