Claudionor e Shirley posam orgulhosos diante de foto que mostra as empresas do grupo

Quase todas as histórias de empreendedores de sucesso têm um momento em que decidem correr riscos para a realização de um sonho ou projeto. No caso de Claudionor Rodrigues e Shirley Leal, sócios do Grupo Belcar, beirou a irresponsabilidade. Resolveram vender todo o patrimônio que juntaram em quase 20 anos como empregados para comprarem metade de um negócio à beira da falência. Mais: sem terem o menor conhecimento do que iriam encontrar na empresa.

“Era uma vontade muito grande de ganhar dinheiro. Éramos até certo ponto irresponsáveis. Na faixa dos 30 e 40 anos de idade, você tem maior disposição ao risco. Hoje, tenho mais ponderação, não sei se teria essa mesma coragem”, afirma Claudionor, sobre a decisão de comprar a metade da Belcar sem nunca ter entrado na loja.

Era abril de 1993. Naquela época, a Belcar vendia apenas 15 veículos novos por mês, quase 10% das vendas registradas pela Govesa, onde Claudionor e Shirley trabalharam por muito anos antes de decidirem ter sua própria concessionária.

Mais de vinte anos depois, a Belcar é uma das principais concessionárias da Volkswagen no Brasil e teve no ano passado faturamento bruto de R$ 277 milhões. A empresa tem hoje 430 funcionários em concessionárias da Volkswagen e Mitsubishi, bem como em revendas da Yamaha.

Isto num segmento que sofreu queda média de 40% nas vendas nos últimos três anos, por conta da grave crise econômica no País.

Casamento perfeito
De origem humilde, característica que mantém até hoje, Shirley e Claudionor contam ao EMPREENDER EM GOIÁS como a experiência, talento e força de vontade ajudaram a ter sucesso no empreendimento. Ele sempre foi da área de vendas e comercial, enquanto o forte dela era finanças e cadastro. Ambos formam um casal (não são marido e mulher, convém frisar) quase imbatível no segmento de veículos em Goiás.

“Sempre fui muito ambiciosa. Meu pai foi tratorista, passava muito tempo longe de casa e minha mãe sofria muito. Eu sempre quis vencer na vida para não passar as dificuldades da minha mãe”, afirma Shirley, que trabalhou pela primeira vez aos 13 anos, quando um amigo da família a empregou numa papelaria no Bairro Feliz. “Ele era japonês e me ensinou tudo, desde a importância da disciplina até a abrir a loja e fechar um balancete”, conta.

Baiano de Guanambi, Claudionor mudou para Goiânia aos 17 anos de idade e conseguiu o primeiro emprego num banco e, depois, para fazer o cadastro de clientes de uma revenda (garagem) de veículos seminovos.

O destino levou Claudionor e Shirley a trabalharem na concessionária Govesa (Volkswagen), em Goiânia. Ele como vendedor, ela como telefonista e depois no crédito. Logo ganharam confiança dos donos da empresa e assumiram postos de gerentes e diretores das áreas comercial e financeira, respectivamente.

Em decorrência de mudanças na direção da Govesa, Claudionor e Shirley deixaram a empresa, na qual trabalharam por duas décadas. Cada um tinha planos diferentes para o futuro. Mas uma oportunidade surgiu: comprar a metade da Belcar que, mesmo quase falida, cobrava um preço alto para a dupla.

Chamados de loucos por parentes e familiares, os dois venderam tudo que tinham e juntaram o dinheiro para adquirirem 50% do negócio. A outra metade permaneceu nas mãos da família Bernardino.

“Tínhamos na época a opção de sermos donos de 100% de uma concessionária Fiat, mas o Claudionor sempre foi apaixonado pela Volkswagen e, por isso, decidimos fechar o negócio”, afirma Shirley. Apesar da “irresponsabilidade” de terem arriscado tudo, os empresários creditam o sucesso à experiência adquirida ao longo da trajetória como empregados.

Dupla de empresários trabalha com veículos da Volkswagen desde 1973

Superação
O início foi complicado. Os processos na Belcar eram tão arcaicos que uma das primeiras vendas nas mãos dos novos sócios demorou um dia para ser concretizada. Além disso, o Brasil vivia grave crise econômica que antecedeu o Plano Real, além da concorrência com as outras concessionárias, claro. Shirley e Claudionor viram que era preciso virar a Belcar de cabeça para baixo e exigiram que todas as decisões seriam dos dois, mostrando a confiança na experiência.

Claudionor vendia sozinho 50 carros por mês quando trabalhava na antiga concessionária. Não via porque não conseguiria vender este mesmo volume na empresa que acabara de ser sócio. Lançou um plano para concorrer com os consórcios, batizado de Plano Belcar. “O crescimento nas vendas foi imediato. No primeiro mês, dobramos o volume mensal de 15 para 30 carros”, conta Claudionor.

A estratégia agressiva de vendas e a nova gestão financeira da empresa implantadas pelos empresários deram tão certo que, em 1996, a nova Belcar inaugurava sua sede própria no Alto da Glória. Aliás, uma das exigências da Volkswagen para os novos sócios da concessionária.

O Grupo Belcar, nas mãos de Claudionor e Shirley, não parou mais de crescer e se expandir em Goiânia. Entrou na área de motocicletas ao abrir duas revendas autorizadas da Yamaha e, em 2011, inaugurou a Asuka, concessionária de veículos Mitsubishi. No mesmo ano, a nova concessionária já conquistava prêmio da montadora japonesa.


Deixe seu comentário

36 comments

  1. Melchior Abreu Filho Responder

    São exemplos de humildade e competência,desejo sucesso sempre aos dois,tem todo meu respeito.

  2. Elísio Gonzaga da Silva Responder

    Eu acompanhei os dois na Govesa e posteriormente na Belcar , onde sou cliente . A força do trabalho e o princípio da honestidade sempre foi a tônica dos dois empresários . Nossos cumprimentos . Elísio Gonzaga da Silva – Presidente da Affim Goiânia.

  3. Donizete Santos Responder

    Conheço o Claudionor, a seriedade e dedicação que conduzem seus negócios, é o reflexo da retidão do caráter do Claudionor e a tenacidade citada pela Shirley, reforçam a máxima do fundador do Bradesco; Amador Aguiar, “Só o trabalho produz riqueza!”

  4. Lizandro Responder

    Linda história, são 2 guerreiros que com muito FOCO e DETERMINAÇÃO conseguiram vencer, hoje a BELCAR é respeitada pelo seu trabalho sério que Claudionor e SHIRLEY implantaram.
    Parabéns BELCAR.

  5. TAYNARA VITURINO DOS SANTOS Responder

    Realmente esta história é de arrepiar!! Cada vez que nos deparamos com 2 guerreiros assim, dá vontade de aprender mais um pouquinho!! São exemplos de profissionais e de cidadãos e inspiram cada um que está ao lado deles. O lado comercial está no sangue do Claudionor e a força administrativa está na alma da Shirley. Muito bom aprender à cada dia com estes 2 empreendedores Goianos, mas com representatividade mundial tanto na VW, Mitsubishi e Yamaha. Parabéns!! Vocês são merecedores desta conquista!!!

  6. Rafael Domingos Responder

    Muito orgulho de trabalhar com eles há 17 anos, um exemplo de garra e determinação. Além de tudo ainda passam sua sabedoria e desenvolvem nossos potenciais. Parabéns Claudionor e Shirley, vocês merecem!!!!

  7. Mauro Cascão Responder

    Eu admiro a História desses dois Amigo. Os conheço muito bem e digo que são melhores ainda do que foi descrito .
    Parabéns pelo trabalho sério, zeloso e dedicado de todo Time Belcar.

  8. Delcides Domingos do Prado Responder

    Adquiri em 1993
    um veículo pelo plano Belcar (no qual você pagava um valor mensal e quando atingia 50% dos pagamentos quitados retirava o carro). Pergunto: será que acabaram com esse plano? Parabéns ao casal de empreendedores de sucesso.

  9. CLAUDIO MACHADO Responder

    PARABÉNS CLAUDIONOR E SHIRLEY, PELO SUCESSO, COMPROMETIMENTO, FOCO, HUMILDADE E HONESTIDADE, CARACTERÍSTICAS QUE OS TORNAM OS GRANDES LIDERES QUE SÃO.

  10. Nilton Responder

    Meus sinceros respeito , e admiração pela determinação dá dupla, parabéns.

  11. Adriana Gonçalves Responder

    Linda historia profissional, motivadora, e preciso muita coragem e determinação, eles tiveram e formarão essa parceria de sucesso. Parabéns….

  12. Wanderlei Elias Perez Responder

    Fui um dos primeiros amigos do Claudionor e Shirley a visita – lis na nova concessionária, quando o Claudionor me contou o que havia feito, sinceramente fiquei preocupado em ver uma pessoa que sempre gostei muito ter desfeito de todo patrimonio para entrar em um negócio. Mas a única coisa que tinha que fazer naquele momento era dar força e disse a ele, Claudionor tenho certeza de que essa empresa vai ser um sucesso nas mãos de vcs. Em pouco tempo o que era preocupação virou certeza do sucesso. Quando o Claudionor me disse um dia que pagava um Santana por mês de aluguel eu disse a ele está na hora de vcs terem uma sede é em pouco tempo uma região que nunca foi pensada p ter uma concessionária diante da visão desse empresário grandioso virou o cartão de visita do grupo Belcar. Parabéns Claudionor e Shirley pelo sucesso.

  13. Lorrany Paniago Responder

    Linda História !! Orgulho de trabalhar numa empresa onde seus sócios são exemplo de empreendedorismo ♥

  14. Jerson Lima Responder

    Realmente um casal fora de série, um exemplo de competência e superação, merece todo o reconhecimento e tem o meu respeito… Parabéns!

  15. Lourival Nunes Matto Responder

    Pessoas admiráveis, cuja a visão de negócios e administração é sem igual. Sinceramente, dignos de serem admirados e respeitados, inclusive por nós seus colaboradores. Lourival Nunes Matto, Gerente de T.I das empresas do Grupo Belcar.

  16. Daniel Araújo Responder

    Parabéns pela história de superação e vitória . Tenho orgulho de fazer parte de um pouquinho dessa história .

  17. Jorge Cecilio Responder

    Parabéns a essa dupla dinâmica de sucesso e perseverança

  18. João B Verdiani Responder

    Gosto da Belcar porque lá você é atendido por quem resolve…

  19. Otaviana Responder

    São exemplos de perseverança e honestidade. Sempre comprei carro das mãos de Claudionor, desde seu tempo de Govesa. Como não poderia ser diferente, eu o segui indo para a Belcar, creio ter sido uma das primeiras clientes do Plano Belcar.
    Felicidades e Prodperidade aos dois e ao grupo Belcar

  20. Fernando Fornazier Responder

    Muito bacana esses relatos de empreendedorismo baseado na confiança mútua,organização,determinação e acima de tudo humildade.
    É com pessoas assim que acreditamos que nosso país tem jeito é só eliminar da política os corruptos que travam e atrasam o Brasil. Parabéns.

  21. allysson sobreira mota Responder

    Parabens aos dois pela conquista conseguirao seus objetivos pela persistencia e por nao terem duvidado de suas capacidades

  22. Divino Ribeiro Responder

    Parabéns
    Claudionor e Shirley
    Esta história de $UCE$$O tem que ser contada e repetida, para as novas gerações que pensa no hoje pronto, e no agora.
    Divino Ribeiro

  23. PAULO CÉSAR SILVA Responder

    É MELHOR ARRISCAR COISAS GRANDIOSAS, MESMO SE EXPONDO À DERROTA, DO QUE FORMAR FILAS COM OS QUE NEM PERDEM MUITO E NEM JOGAM MUITO, PORQUE VIVEM NUMA PENUMBRA CINZENTA AONDE NÃO CONHECEM NEM A VITÓRIA E NEM A DERROTA.

    EM TODA LUTA POR UM IDEAL SE TROPEÇA EM ADVERSÁRIOS E SE CRIAM INIMIZADES, MAS O HOMEM FORTE NÃO OS OUVE E NEM SE DETÉM A CONTÁ-LOS, SEGUE A SUA ROTA, IRREDUTÍVEL EM SUA FÉ E IMPERTUBÁVEL EM SUAS AÇÕES, PORQUE QUEM MARCHA EM DIREÇÃO DE UMA LUZ, NÃO PODE VER O QUE OCORRE À SOMBRA.

    PARABÉNS A ESSA DUPLA DE EX-AVENTUREIROS E AGORA GRANDES EMPREENDEDORES.

    MINHA PRIMA É FUNCIONÁRIA DESTA GRANDE EMPRESA.

  24. Benedito Gonçalves Filho Responder

    Parabéns pela carreira de sucesso, carreira essa escrita sempre com muita determinação, trabalho, talento, criatividade e energia. O resultado veio e vocês são mais que merecedores. Sucesso sempre e Deus os abençoe ricamente!!!

  25. Alan de Oliveira Santos Responder

    O grande sucesso vem da nossa força de vontade e coragem belo exemplo de coragem.

  26. Sônia Cunha Responder

    Me sinto honrada em dizer que trabalhei com ambos e muito aprendi ao longo de nove anos.
    Merecem todo carinho e admiração.

  27. Marluce Bárbara de Moura e Casteo Responder

    Parabéns aos empreendedores!
    Vi na história de vocês um pouco de nossa história. Feliz em ver que o final de vocês foi o sucesso. Nós fracassamos pela escolha errada, viramos nossa bandeira Volkswagen que é uma marca alemã séria por uma proposta mafiosa da italiana Fiat.
    Agradeçam a Deus pela luz na escolha correta ao adquirir 50% da VW em detrimento de 100 da Fiat.

  28. Ana Maria Albernaz Passeto Responder

    Pessoas que tenho muita admiração , pelo modo que sempre me trataram , principalmente, Sr. Claudionor que trata da área comercial .

  29. Ivan Francisco da Silva Responder

    Tenho grande admiração pela diretoria do grupo Belcar pela a dedicação e sendo exemplo constante nas empresas e valorizando e honrando seus funcionários , digo por ter experiências próprias ao longo dos 30-anos de trabalho na Belcar , ganhei várias viajem para o exterior e a diretoria do grupo Belcar sempre diz é você que vai viajar , você merece, parabéns ao Sr.Claudionor e Shirley Leal

  30. Sebastião Prado Responder

    Parabéns aos dois empreendedores pelo sucesso, fruto de muito trabalho e dedicação. Que Deus continue abençoando e iluminando o trabalho de vocês.

  31. Rogério Coelho Rios Responder

    O sucesso muitas vezes vem sem o planejamento indicado, por acaso mesmo, mas a experiência em vendas e de um modo geral , em quase 29 anos no mesmo ramo, com certeza , ajudaram muito …. parabéns ao grupo , e, aos dois empreendedores .

    Eu mesmo adquiri um VW Logus , nesse plano Belcar ….

  32. Adalberto de Queiroz Responder

    Eis um exemplo de empresários arrojados e visionários.
    Parabéns pela matéria.

  33. Mascotto Responder

    Parabéns para a dupla. Acompanhei de longe essa empreitada
    , pois trabalhei na Belcar antes dela ser vendida para vocês.

  34. Lizandro Gomes Brito Responder

    Parabéns Claudionor e Shirley, linda história de vida, muita garra, força de vontade e principalmente muito trabalho, sei que o que vocês conquistaram não é nada do acaso, vocês merecem tudo isso. Tenho orgulho imenso em dizer que trabalho no grupo BELCAR.

  35. Como empreender em tempos de crise - Empreender em Goiás Responder

    […] e também como crescer em tempos de crise econômica. Os dois são exemplos de empreendedorismo: venderam tudo o que tinham para comprar uma empresa quebrada e se tornaram referência de gestão e persistência no mercado em que atuam em Goiás. […]

  36. mailing Responder

    Adorei seu artigo sobre database marketing.

    Vou adicionar ao meu favoritos para acompanhar futuramente.
    Meu site https://www.dataseek.com.br também possui diversas informações sobre
    o assunto.
    Somos uma Marketing Direto especializada em serviços de
    mailings. Atenciosamente